Mais uma notícia que não dá para acreditar, dessa vez a roda de uma ambulância do SAMU se soltou e por pouco não provocou uma tragédia. Segundo o condutor, o veículo tinha acabado de passar por uma manutenção e pelo jeito o serviço ficou por meia boca o que deu para ver através de vídeo e fotos.

        
A equipe do SAMU estava indo socorrer uma vítima quando reduziu a velocidade para fazer o balão que dá acesso ao setores Barragens e logo em seguida a roda soltou-se arrastando por alguns metros até os profissionais pararem para ver o que teria acontecido.




Todos os meses o dinheiro vem para a manutenção, mas quem vai se responsabilizar pelo que aconteceu? É preciso saber o que de fato provocou já que pelas fotos nota-se que as peças estão novas, porém não se sabe se são originais.



O problema com a roda é muito grave considerando pelo fato de que eles estivessem em uma velocidade considerável pela BR 070 talvez não teriam escapado, mas por sorte todos estão bem.
Algum tempo atrás a TV CMN flagrou uma viatura escorada por pedaços de ferro e concreto, além do problema da porta que não queria abrir de jeito nenhum.

Com a vida não se brinca e é preciso que o coordenador do SAMU faça uma averiguação para saber o que anda com as manutenções mal feitas nos veículos em que serve de atendimento para a população de Águas Lindas de Goiás.

Fotos: Gusttavo Macedo / TV CMN



O Plenário da Câmara dos Deputados rejeitou, na madrugada desta quarta-feira (1º), o texto da comissão especial para a PEC que reduz a maioridade penal (PEC 171/93). Foram 303 votos a favor, quando o mínimo necessário eram 308. Foram 184 votos contra e 3 abstenções.
A discussão, no entanto, ainda não se encerrou, avisou o presidente da Câmara, Eduardo Cunha. Ele lembrou que o Plenário ainda tem de votar o texto original da proposta ou outras emendas que tramitam em conjunto.

“Eu sou obrigado a votar a PEC original para concluir a votação ou o que os partidos apresentarem. No curso da votação, poderão ser apresentadas várias emendas aglutinativas. A votação ainda está muito longe de acabar, foi uma etapa dela”, disse Cunha.

Ainda não há data para a retomada da discussão. Eduardo Cunha disse que a proposta poderá voltar à pauta na semana que vem ou, se isso não for possível, no segundo semestre. Antes do recesso, o Plenário ainda precisa votar o segundo turno da PEC da Reforma Política.

A proposta rejeitada reduziria de 18 para 16 anos a maioridade penal para crimes hediondos, como estupro, latrocínio e homicídio qualificado (quando há agravantes). O adolescente dessa faixa etária também poderia ser condenado por crimes de lesão corporal grave ou lesão corporal seguida de morte e roubo agravado (quando há uso de arma ou participação de dois ou mais criminosos, entre outras circunstâncias). O texto original, que pode ir à votação, reduz a maioridade para 16 em todos os casos.

A decisão apertada – faltaram 5 votos para aprovar a proposta – foi recebida com gritos por deputados e manifestantes das galerias, que cantaram “Pula, sai do chão, quem é contra a redução” e outras palavras de ordem. A sessão chegou a ser suspensa pelo presidente da Câmara para que as galerias fossem esvaziadas.

O relator da proposta, deputado Laerte Bessa (PR-DF), lamentou o resultado. “Infelizmente, nós perdemos. Eu fico triste, como parlamentar, e mais ainda como cidadão”, disse o deputado.
Bessa avaliou que as chances de vitória na PEC original são reduzidas. “O acordo foi feito com base nesse substitutivo”, explicou.
Reforma do ECA

O debate da PEC foi acirrado. Foram mais de três horas de discussão em um Plenário dividido, mas com uma opinião em comum: todos os discursos reconheceram que o Brasil enfrenta problemas no controle da criminalidade e que o Congresso precisa ampliar o debate.

Para os deputados contrários à PEC, a solução não está no julgamento de menores entre 16 e 17 anos como adultos, mas na revisão do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) para aumentar o tempo de internação do jovem infrator no sistema atual de medida socioeducativa.

Para o líder do governo, deputado José Guimarães (PT-CE), a revisão do ECA deve ser prioridade da Câmara. “Agora é dialogarmos para, imediatamente, colocarmos em funcionamento a comissão especial de reforma do ECA. O governo apresentou uma proposta que amplia o prazo de internação, coloca mais rigidez para quem utiliza menores para cometer crimes contra a vida e separa os que cometem crimes contra a vida dos demais”, disse.

O deputado Tadeu Alencar (PSB-PE) lembrou que, nos últimos dez anos, o Congresso aprovou diversas leis aumentando o tempo de pena de diversos crimes, mas ainda assim a violência não diminuiu. “O que reduz a violência é a certeza da aplicação dessa pena. Para oferecer ao Brasil uma solução adequada, é preciso fazer um diagnóstico. E vai se chegar à conclusão de que ela é fruto da exclusão”, disse.

Para o líder do Pros, deputado Domingos Neto (CE), uma reforma no ECA poderia garantir a aplicação mais rápida de uma pena ao adolescente infrator, já que o processo é mais rápido do que o previsto no Código Penal. “Se punido pelo Código Penal, um jovem poderia estar solto em um ano e meio por progressão da pena, mas, se mudarmos o ECA, ele poderá cumprir pena de até 8 anos”, disse.

Domingos Neto afirmou ainda que a mudança legal precisa vir acompanhada de investimentos do governo federal nas instituições de internação.
Educação
Os deputados do PT, contrários ao texto, enfatizaram o discurso de que o jovem precisa de mais educação. “Não ofereçam a desesperança dos presídios, que não têm melhorado a vida de ninguém, a jovens que podemos resgatar”, apelou a deputada Maria do Rosário (PT-RS).

O deputado Arnaldo Jordy (PPS-PA) ressaltou que a redução da maioridade penal vai na contramão das experiências mundiais e não tem estudos a seu favor. “A reincidência entre os que cumprem pena no sistema prisional é de 70%, enquanto a reincidência entre os que cumprem medida socioeducativa é de apenas 36%”, disse.

Deputados também demonstraram preocupação com o efeito da regra em outras normas em vigor, como a idade mínima para dirigir, leis sobre exploração sexual e a proibição da venda de bebidas alcoólicas para menores. A preocupação foi levantada pelo deputado Glauber Braga (PSB-RJ). “Precisamos avaliar o valor da repercussão que essa decisão pode ter sobre outras áreas do mundo do direito – como a ampliação do direito de dirigir a partir dos 16”, disse.
Defesa da PEC
Defensores da redução da maioridade se ampararam nos casos de crimes violentos entre jovens de 16 e 17 anos para pedir a redução da idade mínima. Para o deputado Capitão Augusto (PR-SP), os jovens que seriam afetados pela proposta são “marginais”, não “garotos inocentes”. “O ECA é fraco, não pune, tanto é que, após atingir a maioridade penal, esse marginal sai com ficha limpa, independentemente dos crimes bárbaros que tenha praticado”, disse.

O líder do PMDB, deputado Leonardo Picciani (RJ), destacou que o foco da proposta era punir crimes contra a vida. “É um texto que tem equilíbrio, propõe a redução apenas para os casos graves, sobretudo os crimes contra a vida. Suprimir uma vida é injustificável na idade e na classe social que for”, disse.

Deputados também citaram pesquisa do Instituto Datafolha que apontou 87% da população favorável à redução da maioridade penal. “É um desejo do povo brasileiro. Quase 90% da população brasileira, nas pesquisas, exige essa redução”, disse o relator da proposta, deputado Laerte Bessa (PR-DF).
Participação intensa

A disputa sobre a PEC da Maioridade Penal começou no início da semana, quando estudantes contrários à PEC se instalaram no gramado do Congresso Nacional. Os estudantes acionaram o Supremo Tribunal Federal (STF) para garantir a presença nas galerias do Plenário. Nesta terça-feira, houve tumulto entre manifestantes, parlamentares e policiais legislativos em alguns pontos da Câmara dos Deputados.

O acesso às galerias foi autorizado a um número reduzido de pessoas, por meio de senhas distribuídas por partidos. Manifestantes favoráveis e contrários acompanharam toda a votação de maneira pacífica, munidos de cartazes e camisetas.

Parlamentares também se utilizaram de cartazes para expressar a opinião. Os deputados do Psol levantaram cartazes dizendo “Redução não é a solução”, enquanto o deputado Silas Freire (PR-PI) levou uma faixa para dizer que a redução é uma resposta a crimes como o estupro de meninas no Piauí. Vários deputados também usaram camisetas declarando a posição.

Fonte: Reportagem – Carol Siqueira e Eduardo Piovesan Edição – Pierre Triboli (Agência Câmara Notícias)

Os pedestres que passam pelas passarelas da BR 070 estão pedindo providências para melhorar as estruturas das mesmas. Ao todo são cinco passarelas que ficam no decorrer da pista e um vídeo que circula na internet mais especificamente no Facebook, mostra uma mulher que tinha acabado de cair em uma das passarelas depois que o piso se soltou e caiu junto com ela.

      

A senhora foi entrevistada por uma emissora de televisão do DF e disse que está traumatizada com a queda. A imagem também mostrou o braço dela todo roxo e machucado, mas passa bem.
Nessa terça-feira (30/06/2015), a equipe da TV CMN resolveu ir em três passarelas das cinco que existem na cidade e constatou o descaso total com a população. Um órgão que era para cuidar das devidas passarelas disse à TV que dava manutenção periodicamente, mas isso não vem acontecendo há muito tempo.

      

São vários os buracos nas telas de proteção onde são cortadas para colocar propagandas irregulares, chapas onde os pedestres passam estão soltos, além de não ter corrimãos adequados. Perguntamos a alguns moradores e inclusive ao Ian de 10 anos se eles viram alguma manutenção desde que foram inauguradas e a maioria falaram que não viram nada disso, mas a única manutenção mesmo foi a capinação dos matos próximo delas realizados pela prefeitura de Águas Lindas de Goiás.




Entrevistados e internautas nos contam que é comum ver assaltos em cima das passarelas por não ter uma iluminação durante a noite e agora com mais este perigo uma criança, uma senhora, qualquer outra pessoa pode correr o risco de morrer. Um morador da cidade nos disse que esse problema é uma tragédia anunciada, pois o que era para melhorar a vida dos pedestres acaba dificultando e por isso a maioria não usam.

De quem é a responsabilidade das manutenções das passarelas de Águas Lindas? O povo precisa de uma resposta e o problema resolvido antes que mais alguém se machuque como a que aconteceu nesses últimos dias.


Fotos: Jorge / TV CMN


Uma jovem que estava desaparecida desde o último dia (27/06/2015), foi encontrada possivelmente estrangulada em uma estrada que dar acesso à Brazlândia – DF, hoje (29), por volta das 8 horas da manhã por um morador da região que achou estranho uma sandália na beira da estrada. O morador curioso foi para mais perto de uma porteira e avistou o corpo da vítima Talitha Pessoa de 25 anos.

       

Segundo informações, depois de uma ligação em que Talitha disse que estava saindo do trabalho e que chegava logo, a família quanto o namorado não conseguiram mais contato com a vítima.
Segundo os internautas que mandaram as fotos, a jovem trabalhava em Brasília e tinha dois filhos pequenos.



A família foi acionada e chegando ao local identificou a mesma e agora como o corpo da Talitha foi encontrado, o caso pode ser resolvido o mais rápido possível pela polícia do Distrito Federal para achar alguma pista e até prender o autor desse bárbaro crime.

O deste caso é muito parecido com o da Cristiane Alves Mendes, uma manicure que também trabalhava em Brasília e foi brutalmente assassinada na QD. 16 do setor Ilha Bela de Águas Lindas de Goiás. Até hoje este crime é um mistério e não teve nenhuma solução, já o autor permanece solto.
A polícia pede as pessoas que souberem de alguma coisa denunciar imediatamente.


Fotos: WhatsApp da TV CMN

Neste final de semana (27/06/2015), um homem morreu com um tiro, além de uma faca cravada na cabeça envolvendo nessa história o tio, sobrinho e mais dois irmãos gêmeos. O fato aconteceu no Pérola.



Em uma granja de ovos, em Águas Lindas, os quatro identificados como sendo Adalberto Cipriano Soares de 22 anos, o tio dele Paulo Henrique Cipriano e os irmãos gêmeos de 19 anos Ivan Cosme de Souza Mendes e Ian Damião de Souza Mendes trabalhavam juntos.

     


No ano passado, Ivan chegou para trabalhar e queria entrar na granja com um celular, o que é proibido por causa do risco de contaminação e então como Adalberto era o mais velho foi dar conselhos entrando em briga resultando em tapa no rosto de Ivan, porém os dois acabaram sendo demitidos.

Já na tarde deste sábado (27), o quarteto se encontrou em uma chácara perto da granja quando aconteceu uma confusão. Os irmãos saíram dessa chácara e voltaram para casa, só que o tio e o sobrinho foram atrás e chegando na residência dos gêmeos, Adalberto partiu para cima de Ivan com uma faca desferindo dois golpes que atingiram a mão e o pescoço. No momento, Ian estava armado, mas vendo o irmão sendo esfaqueado, sacou o revólver e começou a atirar vindo a atingir Paulo Henrique e também Adalberto que caiu no meio da rua juntamente com a faca, entretanto Ivan correu pegando a faca e a cravou na cabeça de Adalberto.

A Polícia Militar foi chamada e Ivan e Paulo Henrique socorridos para o hospital, já o Ian conseguiu fugir não sendo encontrado até o fechamento dessa matéria.

Foram várias as tentativas de homicídio na cidade esse final de semana e através do WhatsApp 9416-7643 da TV CMN é que conseguimos fotos, vídeos e informações necessárias para informar a população do que anda acontecendo na cidade.


Fotos: WhatsApp da TV CMN

Moradores do setor Mansões Camargo estão pedindo socorro. No sábado (27/06/2015) foi feito um protesto pedindo mais policiamento para o setor e segundo os moradores que mandam denúncias todos os dias para a TV CMN, não aguentam mais chegar em casa depois de um dia duro de trabalho e encontrar a casa arrombada por marginais.



Quando saem para trabalhar é uma escuridão total e bem na entrada do setor, tem poste com lâmpada, porém foi desligada por estar em local irregular.

A TV CMN já tentou conversar com a prefeitura devido essa receber o valor das taxas de iluminação pública da cidade e não tivemos um retorno maior por parte das autoridades, mas um representante da prefeitura disse que a questão da iluminação está na justiça e já em relação a segurança foi mandado um vereador da base aliada para ver de perto os problemas dos moradores, mas este mesmo não resolveu nada.

A casinha da Brookfield como é mais conhecida estão quase todas ocupadas, mas tem muita gente comprando e desistindo dias depois por não aguentar tantos assaltos e arrombamentos que acontecem diariamente segundo um morador do bairro. Segundo os relatos, é difícil ver a viatura da polícia patrulhando, portanto, os moradores pedem providências por parte da Polícia Militar e também as autoridades da Prefeitura de Águas Lindas de Goiás para acabar com o problema da falta de iluminação.


Fotos: WhatsApp da TV CMN

Na última quinta-feira (25) uma operação da Polícia Civil de Cocalzinho coordenada pelo delegado local, Dr. Adriano Melo, batizada de “Operação 33”, acabou resultando na prisão de envolvidos no tráfico de drogas e na apreensão de veículos e objetos.


O objetivo da ação foi cumprir diversos mandados de prisão e realizar busca e apreensão em residências. De acordo com informações da Polícia Civil, 8 mandados de busca e apreensão e 5 mandados de prisão foram cumpridos, diversos objetos, dinheiro, drogas, um carro e uma moto foram apreendidos. Dois dos cinco detidos foram autuados em flagrante pelo tráfico ilícito de drogas.



Ainda de acordo com a Civil, um menor também foi detido e a qualquer momento outros mandados relacionados a esta operação poderão ser cumpridos pela equipe.

A operação que resultou de investigações realizadas pela Polícia Civil em parceria com o Ministério Público, teve a participação de 32 policiais, agentes, escrivães e delegados oriundos da Delegacia local, Delegacia de Águas Lindas e Corumbá de Goiás, todos pertencentes ao 17º DRP-PCGO.

Desde a chegada da equipe comandada pelo delegado, Dr. Adriano, muito se tem feito para prevenir e combater o tráfico de drogas por todo o município de Cocalzinho de Goiás e, esta foi mais uma operação com resultado positivo.



Fonte e fotos: TV GIRASSOL



O Ministério Público de Goiás firmou termo de ajustamento de conduta com a Câmara Municipal de Águas Lindas de Goiás para adequação do Portal da Transparência do Legislativo municipal, conforme a legislação que rege o tema.

A promotora de Justiça Tânia d’Able Rocha de Torres Bandeira, que assina o documento, explica que a Câmara terá 90 dias para divulgar no portal instrumentos de transparência da gestão fiscal, com informações sobre orçamento do órgão, prestações de contas e decisão Tribunal de Contas e relatório de gestão fiscal, entre outros, bem como instrumentos de acesso às informações de interesse coletivo ou geral, produzidas pela municipalidade.

Em relação às licitações, deverão ser publicados todos os dados referentes a esses processos, devendo ser garantido também o acesso pleno à informação sobre despesas, projetos de lei, calendário das sessões e outros. O acordo prevê ainda a instituição, no prazo de 60 dias, do atendimento ao público, com serviço de prestação de informação presencial.

Em caso de descumprimento, está prevista multa de R$ 7 mil, mais multa diária de R$ 400,00, limitada ao total anual de R$ 20 mil, ficando o presidente da Câmara, José Evandro de Souza, pessoalmente responsável pelo valor apurado, seja por conduta comissiva ou omissiva que viole as obrigações assumidas.

A regularização dos Portais da Transparência de prefeituras e Câmaras é uma das ações previstas no cumprimento do PGA 2014-2015 do Ministério Público de Goiás.

O prazo acaba no dia 20 de Setembro de 2015 contando desde a data da publicação da matéria no Portal do Ministério Público.

Fonte: (Cristiani Honório /Assessoria de Comunicação Social do MP-GO)

Policiais Rodoviários Federais parara um carro de autoescola neste domingo (21/6), após o veículo invadir o canteiro central da BR-070, em Águas Lindas (GO), e transitar sobre ele. O motorista, que é instrutor de trânsito, estava sem a carteira habilitação. Ele não apresentava sinais de embriaguez.

O homem, que não teve a identidade revelada, foi autuado por estar sem documentos obrigatórios e por transitar em local proibido. A primeira medida resulta em infração leve (R$ 53,20) e a segundo, em gravíssima (R$574,62).

Fonte e foto: Correio Braziliense

Mais um suspeito de estuprar uma mulher no setor Pôr do Sol em Águas Lindas é preso depois de atacar a vítima pela manhã dessa sexta-feira (26/06/2015) e não satisfeito ainda partiu para cima de indefeso bebê, mas a mãe não deixou que o pior acontecesse. Ainda para completar a situação, 


segundo informações, o acusado roubou alguns pertences como celular, televisão e outros objetos da residência.

Os policiais da viatura 8147 composta pelos militares cabo Brito e cabo Gustavo conseguiram prender o homem sendo levado as autoridades para investigar se o mesmo fez o ato. Os militares também levaram a mulher até Luziânia para fazer o exame de corpo delito e se comprovado, o indivíduo identificado como Nailton Ferreira de Rezende passará um bom tempo na cadeia.


A nossa equipe conversou com Nailton e negou que teve relacionamento com a moça, mas aqui existe um detalhe, a vítima é casada e alega não ter nada com o suspeito. O acusado ainda é usuário de drogas e mesmo assim a PM não acreditou na conversinha dele, porém cabe a justiça resolver mais este grave caso.

A Polícia Civil pede para quem foi vítima desse sujeito que procure imediatamente a polícia e faça a ocorrência na delegacia.

Fotos: Genildo Macedo / TV CMN

Ontem (25/06/2015), por volta das 15h, dois elementos que estavam trabalhando juntos e que se conheciam apenas dois dias, segundo informação, se desentenderam começando uma briga de posse de um facão, além de uma faca no setor Águas Bonita II.


            

Um dos elementos é menor de 16 anos e disse que o maior identificado como Elton Nascimento Pereira de 23 anos veio para cima com uma faca, entretanto o menor que já tem passagem pela policia revidou com mais ou menos 15 golpes de facão ao Elton. O menor também foi golpeado com faca e não quis falar o motivo das agressões entre eles.


O SAMU foi chamado rapidamente e pediram apoio a uma viatura da PM que socorreu uma das vítimas ao Hospital Bom Jesus e chegando ao lá, o maior que atende pelo nome de Elton, segundo informações, já tem passagens pela polícia por vários homicídios no estado do Ceará constatando também que era foragido da justiça.



A polícia irá investigar o que realmente aconteceu nesta briga para que as devidas providências sejam tomadas quanto aos dois envolvidos.

O número de foragidos da justiça que se esconde em Águas Lindas de Goiás é bastante alto, mas a Polícia não dá trégua.

Fotos: WhatsApp da TV CMN

Compartilhar

Image and video hosting by TinyPic

Publicidade

Matérias mais lidas